Por dentro do processo seletivo da Bain

O processo seletivo da Bain é considerado um dos mais difíceis do mundo, uma entrevista com Keith Bevans, que é sócio da Bain e responsável pelo recrutamento global da consultoria, desmistifica o processo e mostra quais são as características essenciais que eles procuram em um consultor.


Este artigo foi originalmente publicado no portal Business Insider.

 

A Bain & Co. aparece frequentemente no primeiro lugar entre as melhores empresas para se trabalhar entre os rankings nacionais americanos, como na lista Best Places to Work de 2014 da Glassdoor’s e no ranking da Vault’s 2015 Best To Work For In Consulting.

“Nossa equipe nos mostra que é uma combinação única entre dois fatores que fazem a Bain tão especial” Segundo Keith Bevans, sócio da Bain e responsável pelo recrutamento global da consultoria.

Segundo Bevans, “Primeiro, os consultores se empolgam pelo impacto que eles criam. Para nossos funcionários, a empolgação que eles ganham ajudando executivos importantes a resolverem alguns de seus problemas mais desafiadores é muito recompensante,”.”E segundo, eles acreditam que nossa cultura dá um grande apoio para seu crescimento pessoal e profissional.”

Bevans fala que cada empregado da Bain é compromissado com o sucesso e o desenvolvimento de todos. “Isso acontece pela orientação, treinamento, e outros esforços que fazemos como uma empresa. Essa combinação do impacto que nós realizamos e nossa cultura apoiadora é o que nos transforma em um ótimo lugar para se trabalhar.”

A Bain atualmente emprega cerca de 6,000 consultores em 51 escritórios globais. Segundo Bevans, esse ano, a empresa planeja contratar mais de 400 novos funcionários.

Nós perguntamos ao Bevans o que é preciso para se conseguir uma dessas posições tão cobiçadas.

Segundo ele, “Para nosso consulting staff, nós estamos procurando por indivíduos que apresentam diversas características que vão nos ajudar a ter sucesso dentro da Bain”.

Elas incluem:

 

1.Capacidade analitica.

A empresa procura por pessoas que tem uma comprovada capacidade analitica,de acordo com ele “Eles vêm de uma variedade de backgrounds, mas a habilidade de resolver problemas complexos é uma característica comum à todos.”

 

2.Forte capacidade de comunicação e liderança.

Segundo Bevans, candidatos bem sucedidos tem a habilidade de explicar conceitos complexos facilmente, de forma clara para executivos seniors e front-line managers de uma maneira que motive os a agir.

 

3.Habilidade de trabalhar em equipe.

“Todos na Bain são bons em trabalhar em equipe” segundo ele. “As pessoas que escolhem se juntar a Bain, são  comprometidos com o sucesso não só da equipe, como de cada membro participante dela.”

 

4.Paixão.

Bain contrata pessoas que são apaixonadas pela vida, segundo Bevans,”Nós procuramos pessoas empolgadas com o que fazemos. Eles são entusiastas por lidar com problemas das empresas mais influentes do mundo. Eles se empolgam por trabalharem com pessoas que pensam como eles.”

 

5.Humildade.

“Nós também procuramos por pessoas que sabem que são especialistas em certas áreas, porém também estão buscando aprender com os que estão à sua volta - incluindo nossos clientes,” segundo ele. “Nós estamos buscando pessoas que querem ser treinados e treinadores”

Para descobrir se o candidato tem o que  é necessário, eles se utilizam de “case interviews.”

É aí que cada candidato usa sua própria experiência em cases para descrever um problema que seus clientes estaria enfrentando, e discutiria com o entrevistador como ele lidar com esse problema.

Bevans explica que “Durante a entrevista, o entrevistador irá introduzir novos dados e cenários para ver como o candidato consegue se adaptar,”. “No final o candidato vai fazer uma recomendação prática sobre a forma que eles iriam agir. Cada entrevista é única porque é baseada na experiência pessoal de cada entrevistado.

Segundo Bevans existem quatro características que os recrutadores e hiring managers da Bain buscam em um candidato durante uma case interview.

 

1.A habilidade de quebrar problemas grandes e complexos em problemas menores e maleáveis.

“Os melhores candidatos conseguem estruturar o problema em componentes menores que podem ser abordados um de cada vez,” segundo ele.

 

2.Habilidades de comunicar se e conectar se com pessoas.

“Candidatos fortes nos mostram que eles são capazes de se comunicar de maneira clara, confiante e mesmo durante uma entrevista desafiadora se mantêm calmos e  equilibrados. Quando isso ocorre, se parece mais como uma conversa sobre negócios do que com uma entrevista.”

 

3.Capacidade de treinar e de ser treinado.

“Dentro da nossa cultura, nós tentamos apoiar uns aos outros, em nosso trabalho, todos os dias,”. Segundo Bevans em uma entrevista, o candidato que consegue se manter aberto a redirecionamentos e dicas em como direcionar seu foco, mostra o tipo de humildade que pode os ajudar a ter sucesso dentro da Bain.

 

4.Uma recomendação sólida, baseada em dados.

Bevans aponta que os recrutadores da Bain procuram por candidatos que estão propensos a ter um ponto de vista e fazer recomendações para responder a questão que foi feita no início do case. Normalmente não existem respostas certas ou erradas, eles estão procurando ver como candidatos chegam na resposta e suportam seus argumentos.

Bevans conclui, “Nosso processo é com certeza muito competitivo, mas nós estamos continuamente procurando pela maior quantidade de bons funcionários possível”.


Fonte:Business Insider

http://www.businessinsider.com/how-to-get-a-job-at-bain-2014-10