Alavancando Sua Carreira Com Um Ótimo Summer Internship

Como as consultorias ajudam no Summer Internship do MBA.


Este artigo foi originalmente publicado no portal LinkedIn - Página de Bruno Simão, Principal at The Boston Consulting Group.

summer_internship.jpg

Depois de receber a fantástica notícia de aprovação em um MBA internacional, logo chega a ansiedade da preparação: vistos, procurar um lugar para morar, comprar passagem e finalmente iniciar uma das experiências mais únicas na sua vida. Mas é aí que muitos estudantes percebem a real ansiedade: o que eu faço do meu Summer Job? Logo nos primeiros meses do MBA, todos os alunos começam a conversar e a pensar em como conseguir aquele emprego dos sonhos. Ir nas palestras das empresas, se preparar para o processo de entrevistas, realizar os processos e finalmente receber a esperada carta oferta.

Nos últimos anos eu tive o prazer de falar com centenas de candidatos durante esse processo, liderando o time de recrutamento do BCG no Brasil. Entendi as suas experiências, as suas ambições e a alta capacitação de cada um dos candidatos, buscando uma oportunidade no programa de Summers do BCG. Aqui neste artigo, gostaria de ir além do processo de seleção e focar nos 2 meses de trabalho do Summer, onde espero poder te orientar e inspirar a aproveitar essa oportunidade intensa e altamente transformadora.

 

O Summer é uma oportunidade para você conhecer a empresa e a empresa conhecer você. Aproveitar essa oportunidade é um dos grandes benefícios de um programa de MBA.

1) O primeiro passo para um bom Summer começa justamente antes do processo de seleção. Aqui é fundamental que o candidato faça uma análise intensa da empresa que gostaria de trabalhar. Quais os objetivos da empresa? Quais os valores? Como é o dia a dia de trabalho lá? Como é a cultura da empresa? Quais as oportunidades de crescimento? São vários questionamentos buscando entender como o seu perfil e o perfil da empresa se conectam. Aqui é fundamental focar no que é importante para você, nem sempre aquela oportunidade que todos os estudantes estão perseguindo é a melhor para você.

2) O segundo passo é durante o processo, onde realmente você terá a oportunidade de conectar-se com as pessoas da empresa e entender melhor quem são as pessoas com quem você vai trabalhar. Cada entrevista e cada interação é uma oportunidade de conhecer mais sobre a empresa e principalmente mais sobre as pessoas. Será que eu gostaria de trabalhar com essa pessoa? Qual o estilo de trabalho delas? Se tiver que fazer um voo de 10 horas ao lado dessa pessoa, seria agradável? No final, independente de branding, status ou atividades, você estará trabalhando com pessoas e isso faz toda a diferença.

3) O terceiro passo é finalmente durante o Summer, onde você terá a oportunidade de vivenciar e experimentar tudo aquilo que pesquisou, analisou e imaginou. Aqui, lembre-se: você estará passando por uma experiência nova, onde é fundamental a dedicação e o comprometimento para experimentar. Você terá dois meses para testar a experiência, então o que é verdade nas primeiras duas semanas provavelmente não será a mesma verdade nas duas últimas, aguarde a experiência completa para avaliar a sua experiência, ok? Dê tempo ao tempo.

4) O quarto passo é receber a oferta para retornar à empresa. Aqui o que vale é ter a certeza de que você deu o seu melhor. Esses dois meses serão um período de intensos desafios, a sua dedicação para superar desafios e se mostrar integrado a empresa serão fundamentais no resultado. Desafios não são conquistados individualmente, então encontre parceiros nessa jornada (usualmente pessoas mais juniores com mais tempo de casa são os candidatos ideais). Peça feedback para os seus superiores, é importante você entender como está se desempenhando para poder corrigir a rota a tempo, caso seja necessário. Encontre pessoas que passaram por essa experiência anteriormente e que estão dispostas a te dar dicas e te ajudar ao longo do processo.

5) Último passo! Agora é o seu processo de decisão em aceitar ou não a oferta de Full Time (após a conclusão do MBA). O Summer foi o início do relacionamento com a empresa, mas possivelmente muito ainda está por vir. É importante que você use o seu tempo para avaliar e tomar uma decisão consciente. Cuidado com exageros nas negociações, você não quer ser percebido como transacional em uma empresa que você quer construir uma carreira. Analise sempre a trajetória, não somente comparações de curto prazo, e veja o valor daquela oportunidade como uma plataforma para a sua carreira pelos próximos muitos anos.

No BCG Brasil, trabalhamos com o processo de Summers desde a fundação do escritório no país, há mais de 20 anos. Nossa visão é de apoiar o candidato durante esse processo em seus diversos elementos e oferecer uma experiência única. Uma experiência que permita a real vivência da vida do consultor, com projetos completos, possibilidade de impactar negócios relevantes para o Brasil, relacionamento próximo com o time sênior do BCG e dos clientes, e um processo bastante estruturado focado na sua experiência e desenvolvimento.


Fonte: LinkedIn.

https://goo.gl/AmWgcJ