Resolva um case de negócios em 7 passos

Resolver um case de negócios é uma das principais etapas que são avaliadas pelos gestores no momento do Processo Seletivo para a carreira de Consultoria e indústria no geral, saber resolvê-lo da melhor maneira é um diferencial.


Este artigo foi originalmente publicado no portal Seja Trainee

 resolucao-de-case_post Fonte: Seja Trainee

Você pode se deparar com um case de negócios em um processo seletivo, durante a faculdade, em uma competição de case e principalmente dentro das empresas.

O case é uma oportunidade para estudar e propor novas saídas para um problema trazido normalmente por uma empresa. Este problema pode ser relacionado à uma dificuldade que a organização enfrenta ou pode estar atrelado à um problema social, por exemplo.

E nós sabemos que solucionar esse “caso” pode ser um grande desafio para quem está começando a carreira. E algumas dúvidas começando a surgir: por onde começar? Existe alguma metodologia que me ajude? O que tenho que pesquisar?

É por isso que conversamos com a Flávia Queiroz, sócia-diretora da Seja Trainee e responsável por auxiliar grandes empresas do mercado na atração e avaliação de candidatos.

“Fazer um estudo de caso é uma via de mão-dupla. Por um lado, o candidato sai ganhando porque ele passa a conhecer os tipos de desafio que a empresa enfrenta no dia-a-dia. A empresa também ganha porque se aproxima dos candidatos e avalia a sua capacidade de resolver problemas”.

Durante a conversa, Flávia trouxe os 7 passos que podem ajudar você a resolver um case de negócios:

1º passo: mapeando do case

O primeiro passo é transformar todas as informações do case em um mapa para você.

Leia o case com atenção. Qual é a solução que você tem que buscar?  Qual o objetivo deste case?

Nossa dica: use um grifa-texto e destaque os pontos importantes e pontos desconhecidos. Essa é uma forma simples de mapear assuntos que você domina ou não domina.

2º passo: organize, planeje e pesquise

Agora que você sabe qual a solução que precisa ser encontrada vamos organizar a sua pesquisa! E para começar queremos que você faça um cronograma com prazos para cada fase e com os contatos de pessoas que podem te ajudar com os assuntos que você não domina.

Depois, escolha uma metodologia para embasar sua pesquisa. Uma metodologia bem simples e conhecida é a SWOT. Nela, você terá que pesquisar as forças e fraquezas da empresa, além das oportunidades e ameaças que ela encontra no mercado.

3º passo: mão na massa

Com o cronograma em mãos, coloque seus planos em prática. Marque reuniões com seu grupo, faça as pesquisas e não esqueça: anote os seus insumos.

Nossa dica: Sua pesquisa deve ser ampla! Busque informações variadas, entreviste pessoas, visite pontos de venda, pesquise a percepção do consumidor, procure concorrentes, compare serviços e até pesquise informações sobre a economia brasileira. Esse trabalho todo serve para embasar sua percepção sobre o case.

4º passo: coletando as informações

Agora que você já pesquisou tanto, é hora de juntar as informações e raciocinar em cima dos dados. Pense estrategicamente, qual solução você pode sugerir?

Conclua seu raciocínio com começo, meio e fim. Traga gráficos, análises, mostre por A+B que seu raciocínio faz sentido. O erro mais comum na resolução de estudos de caso são as falhas de pesquisa. Todas as ideias parecem maravilhosas até você analisar atentamente.

Leve em consideração os custos de implantar sua ideia, quais as pessoas que serão impactadas e o prazo de retorno. É importante estar recheado de argumentos para que sua sugestão passe por tantos questionamentos.

5º passo: testando sua solução

Por mais que você se dedique ao case, alguns detalhes podem passar despercebidos. Por isso, recomendamos que você apresente seu case para 2 ou 3 pessoas que conhece e peça feedback. Nesta hora, professores e pessoas do mercado podem ajudar muito a criar um case mais elaborado.

“Dá para entender meu raciocínio? Enxerga alguma falha? Tem algum questionamento? ”.

6º passo: é hora de revisar

A partir dos feedbacks que você recebeu na fase de teste, revise seu projeto. Quais informações estão faltando? Que tipo de análises podem ser interpretadas de outra maneira? Que tipo de informações você tem que buscar para argumentar melhor determinada ideia?  Como você pode vender seu peixe ainda melhor? Como sua linha de raciocínio pode ficar ainda mais clara?

7º passo: ensaiando para a apresentação

Muitos estudos de caso são apresentados para gestores. É por isso que é tão importante estar a par de cada fase da pesquisa.

Nossa dica: Ensaie bastante. Pense nos tipos de questionamentos que a empresa pode te fazer, pense nos argumentos para cada passo de seu case, anote as referências pesquisadas para ter embasamento de seus dados.

Se possível, filme sua apresentação e assista. Assim você tem uma ideia de como está vendendo seu peixe e apresentando seus argumentos.

Pronto, com esses 7 passos, você poderá solucionar um case mesmo que, a princípio, pareça que você não tem os conhecimentos suficientes para trazer uma solução!


Fonte: Seja Trainee

http://goo.gl/Wzfo2W