Os processos seletivos mais desafiadores

6 das 10 empresas com os processos seletivos mais difíceis são consultorias segundo a pesquisa do site americando Glassdoor. Confira as consultorias listadas e quais foram as principais dificuldades encontradas pelos candidatos.


Pesquisa Glassdoor

O site Glassdoor fez um levantamento das 25 empresas que tiveram as entrevistas de emprego mais difíceis no último ano .

A pesquisa foi realizada com mais de 170.000 usuários do site e avaliou os processos seletivos segundo 5 indicadores, em uma escala de 0 a 5.

Os indicadores avaliados foram:

  1. Índice de satisfação dos funcionários;
  2. Duração média do processo seletivo;
  3. Índice e dificuldade;
  4. Percentual de candidatos que tiveram experiência positiva durante a seleção;
  5. Percentual de candidatos que tiveram experiência negativa durante a seleção.

Das 10 empresas com os processos mais difíceis 6 delas prestam serviços de consultorias, sendo que 5 possuem escritórios no Brasil. Confira as empresas na tabela abaixo.

 

http://www.austinfree.net/wp-content/uploads/2013/08/Job-Interview.jpg

McKinsey & Company, The Boston Consulting Group e Bain & Company

As três maiores consultorias estratégicas ficaram no top cinco, pois seus processos seletivos requerem maior raciocínio lógico dos candidatos, além de entrevistas bastante difíceis.

A McKinsey & Co, primeira colocada, tem como principais desafios numerosas entrevistas, resolução casos reais de negócios (business case) além de muito raciocínio lógico. Uma candidata norte-americana conta que teve de responder à seguinte pergunta: “Como você calcularia a emissão anual de carbono por veículos comuns contra a de elétricos na União Europeia?”.

Para os candidatos que participaram do processo seletivo do The Boston Consulting, terceiro colocado na lista, é necessário se preparar para o case interview, desde a matemática básica até a prática com amigos para simular a pressão da entrevista, afinal, um simples erro de matemática pode condenar o candidato. Um dos candidatos foi questionado: "Se eu pegasse o seu currículo e removesse seu nome do topo, qual linha em seu currículo faria seus amigos lerem o papel e reconhecê-lo?".

A Bain, quinta colocada, tem como destaque a satisfação de 84% dos entrevistados que consideram a experiência positiva e nenhum avaliou o processo negativamente. Vale ressaltar que a empresa foi nomeada a melhor empresa para se trabalhar dez vezes seguida pela revista americana Consulting (Best Firm to Work ForBest Firm to Work For)

Apesar das consultorias terem os processos seletivos mais difíceis, as cinco empresas primeiras colocadas têm índice de satisfação igual ou maior que 4, revelando que os processos seletivos podem ser bastante difíceis, mas a satisfação de quem já é contratado é alta.

Quer se preparar para esses processos seletivos? Então venha fazer parte do CCU.

Confira a lista das 25 empresas com as entrevistas mais difíceis.

 

 


Fontes:

http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/as-25-empresas-com-as-entrevistas-de-emprego-mais-dificeis

http://forbesbrasil.br.msn.com/carreira/consultoria-mckinsey-tem-o-processo-seletivo-mais-estressante-dizem-candidatos

http://epocanegocios.globo.com/Inspiracao/Carreira/noticia/2013/08/conheca-25-empresas-com-entrevista-de-emprego-mais-dificil.html

http://www.glassdoor.com/blog/glassdoors-top-25-difficult-companies-interview-2013/